Dietas restritivas, milagrosas e outras da moda

Conheça os prejuízos para a sua saúde!

Falta pouco tempo para as férias de fim de ano, mas a vontade de estar com os corpos “sarados” já está presente. A busca por uma DIETA que resolva em pouco tempo o que deveria ter sido feito a médio/longo prazo se torna uma obsessão. Procuro sempre lembrar que é preciso ter muito cuidado e atenção redobrada com “DIETAS” que prometem milagres em pouco tempo. Não é novidade que restrições severas e sem acompanhamento de um nutricionista podem causar carências nutricionais e danos para saúde.

Veja alguns pontos importantes em relação a estas estratégias:

1. A baixa ingestão de calorias levará a uma escassez de carboidratos, proteínas e gorduras, o que ocasionará fraqueza, cansaço, sonolência durante o dia, bem como outros sintomas. A perda de rendimento esportivo é uma consequência certa!

2. Restrição calórica severa, o famoso “fechar a boca”, irá causar uma carência de vitaminas e minerais, o que proporcionará um comprometimento no metabolismo.

3. Diante da restrição alimentar e do ponto de vista da composição corporal haverá uma perda significativa de MASSA MUSCULAR E ÁGUA! Somente a prática de musculação não conseguirá inibir essa perda e, caso se pratique apenas atividades aeróbias, a perda de massa muscular será ainda maior. A combinação de uma dieta equilibrada + treino de musculação poderá reverter este processo.

4. A gordura corporal sofrerá uma redução, mas em muitos casos, o percentual maior de perda de peso será de músculo e água!

5. DIETAS DA MODA não são personalizadas e geralmente são desequilibradas de nutrientes e calorias, por isso podem funcionar para algumas pessoas e não funcionar para a maioria dos indivíduos.

6. Depoimentos ou relatos de pessoas sobre consumir pouca quantidade calórica não devem ser seguidos e muito menos servir de referência para se ter resultados!

7. NÃO SE DEVE ACREDITAR EM MATÉRIAS OU QUALQUER TIPO DE ANÚNCIO / MÍDIA SOBRE ESSE ASSUNTO, QUANDO NÃO HÁ A CITAÇÃO DE UM PROFISSIONAL ESPECIALIZADO DA ÁREA;

Autor / Fonte:Prof. Magno Luiz de Miranda – Nutricionista Esportivo / Professor de Educação Física